Blog

Teatro e Literatura

O Teatro e a Literatura têm uma proximidade bastante clara. Mas para além da encenação de textos literários, essas duas formas artísticas dialogam de diversas maneiras, seja na fisicalização de personagens, na valorização da palavra, na ênfase da narrativa, na valorização das histórias. Mas é no seu fazer poético que essas duas expressões artísticas podem exercer sua ação mais transformadora: chacoalhar o humano, tirá-lo do eixo, fazê-lo movimento.

A partir da peça “Lá na Lua”, a Dionisos vem ganhando espaço em Feiras do Livro, visto que a peça, com histórias e músicas para crianças criadas e compostas pelo grupo, apoia-se na antiga arte da narrativa, com pitadas de brincadeiras, musicalidade e recursos cênicos.

A peça já integrou a programação da 1ª. Feira do Livro de Balneário Piçarras, do Encontro dos Encontros do Proler Joinville (cujo registro está no livro “Contar Histórias: uns passarão e outros passarinhos”, publicado em 2015), da 12ª. Feira do Livro de Joinville, do Projeto GRIOT – Contando Histórias e ainda das Feiras do Livro das cidades de Lebon Régis e Campos Novos. Dessa forma, vem traçando uma trajetória em importantes eventos ligados à leitura e à contação de histórias.

Além disso, o grupo já publicou o livro ”Da Cena ao Texto: Dramaturgia da Dionisos Teatro” (2008) e tem em seu repertório espetáculos que dialogam com a literatura, como “Frankenstein – Medo de quem?”, espetáculo infantojuvenil, baseado na obra de Mary Shelley; e “Amor por Anexins”, do consagrado autor de dramaturgia brasileira Arthur Azevedo.

Com o Teatro Playback; onde as pessoas são convidadas a contar suas histórias que serão representadas em cena, valorizando assim a narrativa oral; o grupo também já participou da Feira do Livro de Joinville (foto abaixo). Nessa ocasião, foi realizado o lançamento do livro da atriz Clarice Steil Siewert chamado “Nossas Histórias em Cena: um Encontro com o Teatro Playback”, que aborda esse método teatral praticado pelo grupo desde 2008.

Teatro e Literatura é um diálogo sempre aberto. A Dionisos Teatro aposta neste diálogo, sendo que sua trajetória está cerceada pelas letras, pela contação de histórias e pelas narrativas pessoais.

Deixe seu comentário