Blog

Dividindo Eu – circulando e fazendo pensar

por Vinícius


O espetáculo Dividindo Eu foi montado pela Dionisos a partir do convite da Dr. Hildemar Meneguzzi de Carvalho, Juíza de Direito da 2ª Vara da Família da Comarca de Joinville para tratar da questão da alienação parental (Lei nº 12.318, de 26 de agosto de 2010).

A peça traz para a cena inúmeras situações em que os filhos são repartidos ao meio diante dos desentendimentos dos pais. Para abordar o tema de forma poética optamos por utilizar varias formas de manipulação: de objetos, de bonecos e também dos atores. Com trilha sonora feita ao vivo e utilizando várias técnicas teatrais procuramos proporcionar ao público uma experiência lúdica e divertida, mas que também alerte e leve a uma reflexão acerca das graves conseqüências que os atos de alienação parental podem desencadear.

Com 30 apresentações previstas e 25 já realizadas, a circulação do espetáculo (que também conta com uma breve palestra de um integrante da 2ª Vara da Família da Comarca de Joinville e entrega de folders contendo diversas informações sobre a síndrome de Alienação Parental) vem tendo um retorno muito positivo por parte do público, que é essencialmente formado por pais de alunos, estudantes e professores da rede pública e privada de ensino, universitários do curso de direito e psicologia e também por pais que estão vivenciando um processo pela guarda de seus filhos.

Em todos os ambientes em que passamos foi possível perceber a identificação das pessoas com as situações mostradas nas cenas, e em mais de uma das apresentações, após o espetáculo, tivemos a oportunidade de conversar com pessoas envolvidas nessas situações, podendo indicar um caminho, através dos integrantes da 2ª Vara da Família da Comarca de Joinville, para a resolução de seus problemas.

A 2ª Vara da Família da Comarca de Joinville oferece o serviço de Mediação Familiar mesmo para casos que não estejam em um processo. Ligue no Fórum e se informe! 47 – 3461 8500

fotos da apresentação no “VI CONGRESSUL Joinville”

 

foto de uma das cenas  em que utilizamos a manipulação de objetos

Deixe seu comentário